Auxílio Brasil começou a ser pago em dezembro de 2021 e já deixa dúvidas sobre como receber mais.

Afinal, o benefício é dividido em diversas categorias o que pode aumentar o valor do benefício por família.

Por isso, se você tem dúvidas, veja como receber Auxílio Brasil maior.

Publicidade

Como receber Auxílio Brasil

Em primeiro lugar, é importante lembrar que o novo programa social do Governo Federal, chamado Auxílio Brasil, tem tudo para ser o mais completo benefício já ofertado a famílias de baixa renda.

Isso porque, você pode ser contemplado pelo programa de diferentes maneiras.

Afinal, ele observa informações específicas sobre os membros da família o que permite ajudar você de uma forma melhor.

Auxílio Brasil - como receber mais
Auxílio Brasil – como receber mais

No entanto, como condição básica para receber o programa está a renda por pessoa.

Ou seja, para receber o benefício a renda familiar por pessoa tem que ser de até R$89 por mês.

Isso porque, o programa tem como objetivo ajudar famílias de baixa renda.

Nesse sentido, apenas pessoas que estão em situação de extrema pobreza fazem jus ao benefício.

Além disso, você ainda pode receber de diferentes formas. Confira!

Auxílio Brasil – como receber o valor maior

Até o lançamento do programa, os beneficiários do bolsa família recebiam R$189 por mês.

Antes de finalizar o programa, o repasse médio mensal do Bolsa Família era de R$ 189,00.

Acontece que com o novo benefício, os brasileiros poderão receber até R$400 por mês para auxiliar na moradia e alimentação.

Por isso, se você ainda não sabe se tem direito, verifique os principais critérios.

Auxílio Brasil – quem tem direito

Hoje em dia, o novo programa social do governo Auxílio Brasil deve superar 17 milhões, segundo previsão do ministro da Cidadania, João Roma.

De acordo com o ministro, o bolsa família contemplava cerca de 14 milhões de família.

Ou seja, houve um aumento no número de beneficiários do programa o que acontece por alguns fatores, como:

  • crise econômica agravada pela pandemia
  • aumento das coberturas para receber o benefício

Isso porque, podem receber o programa você que:

  • possui renda familiar na linha da pobreza (renda por pessoa entre R$ 89,01 a R$ 178,00)
  • ou famílias na extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89,00 por mês), desde que tenham em sua composição: gestantes, mães que amamentam, crianças ou adolescentes entre 0 e 21 anos.

Nesse sentido o programa obedeceu ao mesmos critérios do Bolsa Família.

Condições para receber o benefício

Se você ainda tem dúvida sobre como receber o novo programa social do governo, o Auxílio Brasil, confira agora a lista de condições:

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 89; ou
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 178 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.

Critérios do Bolsa Família que foram mantidos pelo Auxílio Brasil

Apesar de ter sido extinto, o Bolsa Família serviu como  parâmetro para que o Auxílio Brasil fosse implementado mais rapidamente.

Veja também:Como ganhar amostra de fraldas grátis 

Desta forma, veja os critérios necessários para a manutenção do benefício:

  • Crianças e adolescentes com idade escolar (entre 6 e 15 anos) devem ter, no mínimo, 85% de presença nas aulas;
  • Os jovens entre 16 e 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;
  • Crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;
  • Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e participar de atividades educativas ofertadas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem 14 a 44 anos de idade.
Continue nos acompanhando!